Essa Pequena é uma Parada é uma comedia dirigida por Peter Bogdanovich que narra a historia de Howard Bannister ( Ryan O´Neal ), um Mes...

142 - Essa Pequena é uma Parada (What´s Up, Doc?/Peter Bogdanovich/1972)


Essa Pequena é uma Parada é uma comedia dirigida por Peter Bogdanovich que narra a historia de Howard Bannister (Ryan O´Neal), um Mestre de musica que vai com sua noiva para uma convenção em um hotel em San Francisco, aonde vai disputar com outro Mestre um subsidio para um projeto.
Nesse meio tempo entre a chegada no hotel e o jantar da convenção, Howard se envolve com Judy (Barbra Streissand), um moça com certo talento acadêmico, mas que vive na brincadeira, sem muitas preocupações e que inicialmente parece querer apenas perturbar o professor, o que acaba metendo ele em algumas situações embaraçosas com a noiva.
Paralelamente, uma dupla de trambiqueiros tenta roubar uma senhora rica que carrega diversas jóias em uma bolsa que se assemelha com a de Howard e de mais dois hospedes do hotel. Uma troca entre as bolsas vai criar uma grande confusão que culmina em uma perseguição de carros pelas ruas de San Francisco.
Essa Pequena é uma Parada é uma comedia que investe muito no humor físico, todos os personagens são caricatos, atrapalhados e neuróticos. Existe também um certo tom cartunesco na historia, que remete aos desenhos da Warner, com clara referencia ao personagem Pernalonga, tanto que em uma das cenas Judy chega a perguntar para Howard a tradicional fala do coelho “O que que há velhinho?”( que também é o titulo original do filme). O filme se segura muito no carisma e na atuação de Barbra Streissand, o seu personagem, mesmo representando uma garota atípica, parece ser o mais equilibrado.
Outro destaque é o trabalho de dubles na seqüência da perseguição, o que caracteriza muito bem as produções dos anos 70, que dependia muito de bons dubles, que serviam também como diferenciais para definir a qualidade de um filme.
Essa Pequena é uma Parada pode ser considerada como uma realização menor e despretensiosa do diretor Peter Bogdanovich, mas que não deixa de ter seu valor, diverte, te faz rir e que atinge ao que a obra se propõe. Nota 07.

4 comentários:

Sou mais o original (LEVADA DA BRECA, do Hawks). hehe

Celo Silva disse...

Esse ainda não assisti, mais um que fica a dica. Não lembro de ter assistido alguma coisa do Hawks...

Não ter visto nada do Hawks é mais do que uma lacuna: é um buraco negro. :)

Celo Silva disse...

Hahaha...Pode crer Ailton, preciso assistir logo!