Pode-se até tentar, mas é difícil assistir todos os filmes no cinema e esse Larry Crowne , segunda incursão em longas do ator Tom Hanks n...

303 - Larry Crowne - O Amor Está de Volta (Larry Crowne/Tom Hanks/2011)

Pode-se até tentar, mas é difícil assistir todos os filmes no cinema e esse Larry Crowne, segunda incursão em longas do ator Tom Hanks na direção foi um dos que deixei para assistir em casa, até porque deve fazer pouca diferença, tirando o clima da sala escura é claro, e a beleza dessas cópias que rolam na rede em 720p ou 1080p fazem um cinema em casa bem especial.

Esse foi um filme que rendeu bastantes resenhas, foi bem visto, porque também tem o atrativo de Julia Roberts no elenco, mas a maioria dos textos criticava bastante a obra. Até entendo e compartilho de algumas idéias, mas sinceramente, não vejo Larry Crowne como um péssimo filme, tudo bem que o encantamento romântico entre Tom Hanks e Julia Roberts é quase nulo, trazendo mais ternura do que libido, e o subtítulo nacional têm a intenção de evidenciar um caso romântico, mas na verdade, mesmo que involuntariamente, faz uma alusão do próprio amor a vida que Larry volta a sentir com o redescobrimento de si mesmo, do que pode e ainda poderá fazer, mesmo sendo uma pessoa nem tão jovem assim. E tudo tem inicio quando é demitido de seu emprego de longa data, ainda com a justificativa de não ter feito universidade. Larry até poderia ser feliz com a vida que tinha, mas se não fosse à demissão, não viveria os bons momentos que viria a ter, continuaria na sua monotonia. Nesse ponto de vista, Tom Hanks faz uma obra bem otimista.

Como ator, Tom Hanks compõe muito bem esse tipo de personagem derrotista, mas que tem esperanças, aqui seja ingressando em curso comunitário para aprender sobre retórica e economia ou fazendo amizade com a jovem Talia (Gugu Mbatha-Raw ótima) que o leva para um grupo de motoqueiros. Alias, nesse ponto, o filme cresce quando mostra a amizade entre os dois, rendendo algumas boas seqüências fraternais e engraçadas. As tiradas com o vizinho representado por Cedric The Entertainer  também são legais, mas talvez o que não faça de Larry Crowne uma obra realmente ótima é a falta de conexão em alguns pontos da historia, ainda não existindo um verdadeiro clímax, apesar da cena do discurso final ser boa, parece que Tom Hanks, como diretor, não teve a habilidade de costurar as historias e perdeu tempo demais com algumas que no final parecem ter pouca importância, mas confirmo, é um filme bom, que rende até certa felicidade, mesmo que momentânea.  


14 comentários:

alan raspante disse...

Fui ver o trailer apenas hoje e achei muito agradável. Logo de cara já gostei da Roberts como uma professora rabugenta. Preciso ver o quanto antes!

[]s

Maxwell Soares disse...

Há tempos não vejo um filme com Tom Hanks. A ideia do filme, aqui, parece ser boa. Vou conferir. Um abraço, Celo...

Kamila disse...

Esse filme é muito simpático, mas achei o romance entre os personagens de Tom Hanks e Julia Roberts meio forçado - e desnecessário dentro da trama, pra ser bem sincera....

Celo Silva disse...

Alan, pena q ela não é tão magnetica assim no filme, mas vale uma olhada sim;

Maxwell, Hanks parece em marcha lenta, mas o filme é legal;

Kamila, como disse no texto, a quimica entre eles é quase nula, e parece q Hanks não soube dosar as situações paralelas, mas mesmo torto, achei um filme legal, simpatico mesmo, como vc disse;

Abs a Tds!

A história não me convence, mas darei uma chance é claro, vejo o filme quando sair em dvd.

Amanda Aouad disse...

Pois é, um filme otimista, mas otimista demais, não? hehe. Ele parece Poliana. :p O filme não é mesmo ruim, mas é difícil crer em algumas coisas no roteiro.

Adoro Julia Roberts e Tom Hanks. Quero muito ver esse filme.

O filme quase desmoraliza o ensino superior. hehe

Hugo disse...

Mesmo as críticas não sendo das melhores, pretendo assistir pela ótimo casal principal.

Sobre os DVDs, se puder me passar a lista dos filmes que possui, posso indicar para as pessoas que entrarem em contato procurando algum filme.

Hoje mesmo apareceu uma pessoa perguntando sobre o DVD do filme "O Homem Vestido na Roupa de Papai Noel". Se você tiver este dvd, avise que direcionarei o e-mail da pessoa para vc.

Abraço

Não me senti, ainda, motivado a ver ele. Sinceramente, após "Náufrago", Tom Hanks parece ter PREGUIÇA em atuar. Lamentável!

Abraço

Celo Silva disse...

Cleber, até entendo a falta de motivação para assistir;

Amanda, realmente é um roteiro bem utopico, mas acho q no geral o filme é assim;

Gilberto, se gosta dos dois, vale uma olhada.

Celo Silva disse...

Ailton, passa essa sensação mesmo, mas acho q num tom bem leve;

Hugo, não tenho esse filme, mas vou te passar essa lista sim, na vdd tenho q aprontar uma mais abrangente;

Cris, Tom Hanks teve seus momentos, mas parece q vem vivendo do nome ou esta desmotivado a atuar, tanto q se aventurou nessa direção aqui. É esperar seus proximos trabalhos.

Abs a Tds!

Luís disse...

Eu devo concordar com o Cristiano aqui: Tom Hanks parece ter preguiça de atuar.

Mas, quanto a esse filme, penso que ele seja divertidinho, porém falta bastante para ser uma grande obra. Como você bem apontou, trata-se de um filme sobre a ternura entre dois personagens, não sobre a libido. E é nisso que o filme frustra os espectadores.

Julia Roberts está ótima, parabéns a ela.

Celo Silva disse...

Luis, qd se espera esse vies libinoso do filme, ele frustra mesmo, mas como já sabia q não tinha essa nuance, eu acabei vendo o filme por outra otica, esta longe de ser um grande obra, mas diverte mesmo.