A adaptação Lanterna Verde , está mais para um brinquedo de parque de diversões do que para uma obra cinematográfica. O uso do 3D fica evide...

219 - Lanterna Verde (Green Lantern/Martin Campbell/2011)

A adaptação Lanterna Verde, está mais para um brinquedo de parque de diversões do que para uma obra cinematográfica. O uso do 3D fica evidente como um subterfúgio do estúdio para tentar mascarar toda ruindade no roteiro, estranho que o diretor dessa furada, Martin Campbell, mostrou ser no mínimo competente na adaptação de outros heróis, como em Casino Royale, que recolocou o agente 007 de novo na rota do cinema. O diretor provavelmente ficou maravilhado com a tecnologia e esqueceu de olhar o texto que tinha em mãos.

Lanterna Verde é tão aborrecido ou insosso como outras adaptações estapafúrdias como O Demolidor, Elektra, Mulher Gato, mas com certeza muitos vão dizer que o filme tem cenas maravilhosas. Realmente até tem, mas é sabido que somente belas cenas não são suficientes para se criar uma obra no mínimo interessante. A construção dos personagens é tão rala como nos antigos desenhos da Liga da Justiça, Hal Jordan (Kevin Reynolds) cita frases do tipo: “Saia que vou tirar minha calça” ou “Segure seu óculos”, momentos que chegam a dar vergonha no expectador.

Acredito eu, que para quem assistir Lanterna Verde em 2D, vai ser uma experiência mais frustrante que em 3D, já que a tecnologia promove umas imersões legais no espaço, uma outra cena interessante dentro de aviões ou outras no planeta Oa, terra natal da Tropa de Lanterna Verdes. Como já disse, caberia melhor em um parque de diversões.

7 comentários:

Laércio Cunha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laércio Cunha disse...

Muito bom o texto Celo, vai bem direto ao ponto. Assisti ao filme ontem mas em 2D, é no seu verdadeiro formato que o cara vê que o roteiro é muito furado. Creio que o 3D exista pra maquiar certos filmes desprovidos de uma história competente. Pra mim Lanterna Verde é coisa pra faixa etária dos 5 aos 10 anos, e olha lá ainda. Não menosprezando a inteligência galerinha miúda, mas é que a premissa é muito infantil. Abração apareça

http://thecinefileblog.blogspot.com/

26 de agosto de 2011 14:24

Celo Silva disse...

Laercio, é filme para ver com as crianças mesmo, como disse, a profundidade do roteiro se equipara aos desenho da Liga da Justiça...hehehe...Vlw. Abração!

Rafael W. disse...

Tosquissimo. Nem Ryan Reynolds salva.

http://cinelupinha.blogspot.com/

alan raspante disse...

Percebe-se que não é bom, rs
Vou passar bem longe deste filme!!

pudimdecinema disse...

A sensação de assistir esse filme deve ser a mesma que Napoleão teve ao perder a guerra (a posição que ele perdeu a guerra, hehe)... nem verei. Já não sou muito simpático com blockbusters, e ainda mais com um filme desses que parecem mais uma árvore de natal decorada por crianças... aff


Abs!


Victor Ramos

Celo Silva disse...

É pessoal, esse Lanterna Verde é candidato a um dos piores do ano.

Abs!