Matuschek´s é uma loja de departamentos tradicional. Alfred Kalik ( James Stewart ) é o funcionário mais antigo do estabelecimento e tra...

100 - A Loja da Esquina (The Shop around the corner/Ernst Lubitsch/1940)


Matuschek´s é uma loja de departamentos tradicional. Alfred Kalik (James Stewart) é o funcionário mais antigo do estabelecimento e tratado como um filho por Hugo Matuschek (Frank Morgan), o proprietário do local. Alfred mantém um relacionamento com uma moça através de cartas, não a conhece pessoalmente. Um dia, Klara Novak (Margaret Sullavan) entra na loja pedindo emprego, inicialmente ela é descartada, mas depois consegue convecer Hugo Matuschek a contratá - la, o que acaba mudando a rotina da loja e a de Alfred Kalik, que entra numa aparente rota de colisão com a moça, que também mantém um romance secreto. Enquanto isso, Hugo desconfia que sua esposa está lhe traindo com um dos funcionários. 
A Loja da Esquina é um filme delicioso de ser assistido, com atuações suaves e carismáticas, principalmente de um jovem James Stewart, que faz um verdadeiro gentleman. O filme passa uma ingenuidade perdida, apesar de explorar temas como o adultério. Os personagens são todos extremamente educados, até quando discutem são educados. Margaret Sullavan, apesar de não ser tão bonita quanto outras atrizes de sua epóca, consegue encarnar bem a mocinha apaixonada e cheia de sonhos; aliás, todo o elenco coadjuvante que fazem os outros funcionários da loja passam muito bem, compondo bem as cenas com os protagonistas, principalmente William Tracy, que faz o mensageiro Pepi Katona, que chega a roubar algumas cenas. 
Uma das curiosidades dessa obra é ter sido ambientada na Bulgaria, o mesmo local do livro de  Miklós Lázló, o que destoa um pouco, já que o filme é falado em inglês e a maioria das inscrições que aparecem também são, talvez devesse ter sido adaptado para Nova York, mas parece que hollywood não se preocupava com isso naquele tempo e também esse detalhe afeta pouco a obra do diretor alemão Ernst Lubitsch, que dirigiu diversos filmes mudos e depois migrou para os EUA e realizou outros clássicos como Ladrão de Alcova e Ninotchka com a lendária atriz Greta Garbo. Nota 08.

2 comentários:

Alan Raspante disse...

Gosto de James Stewart, mas estranhamente, prefiro os filmes no qual ele era mais novinho. Tenho a impressão que depois "já velho" ele se repetia muito e acabou ficando um pouco caricato. Prefiro ele em comédias, rs

Ainda não vi, mas fiquei curioso e relação ao filme!

Abs.

Celo Silva disse...

Se bem que Stewart está otimo em Festim Diabolico
Já assistiu?
Obrigado pelo comentário.
Grande Abraço.