Documentário sobre a cena rap/hip-hop no Rio de Janeiro, se é que existe, baseada no bairro da Lapa no centro da cidade. O doc segue a vida ...

54 - L.A.P.A (Idem/Cavi Borge e Emílio Domingos/2008)

Documentário sobre a cena rap/hip-hop no Rio de Janeiro, se é que existe, baseada no bairro da Lapa no centro da cidade. O doc segue a vida de aspirantes a rappers, os principais deles: Funkero, Chapadão e Aori, todos frequentadores assíduos do bairro e das festas que rolam por lá. Durante a exibição, algumas cenas deles vão concatenando com depoimentos de rappers que ficaram famosos como Marcelo D2, B - Negão e Black Alien. Devo dizer que fiquei um tanto decepcionado ao final do filme, talvez por os personagens retratados serem tão inexpressivos, talvez o que mereça algum destaque seja o Funkero, o mais despachado deles ou por mostrar como esse tipo de música regrediu no Brasil, não em qualidade técnica, mas em criatividade, não passando de mero arremedo de rimas. Talvez por isso, Marcelo D2 tenha abandonado esse estilo, vendo que não tem muito mais o que tirar. Um dos depoimentos mais marcantes foi o do rapper Black Alien, se mostrando totalmente alienado a indústria, o cara faz música, mas não quer vender ! Vai saber o porque. Já fui um grande fã desses caras (Marcelo D2, B - Negão, Black Alien) na epóca do Planet Hemp, mas nesse doc é visivel que provavelmente hoje em dia eles nem se falem e talvez pelo o que se vê no filme, eles tenham sido o último fiapo de qualidade vindo desse tipo de música. Hoje é tudo "Tá Ligado!", expressão tão irritante quanto esse filme sem propósito. Nota 03.

2 comentários:

B-Cine disse...

Concordo com vc Marcelão. Bons tempos do Planet Hemp. Esse filme eu não devo assistir antes de morrer...hehehhe

Celo Silva disse...

Não vai perder nada mano...hehehe....acho que essa formúla esgotou