Depois de alguns dias de férias, voltando a escrever no blog para correr atrás do tempo perdido e o título acima foi o escolhido para a reto...

21 - Amor e Outras Drogas (Love and Other Drugs/Edward Zwick/2010)

Depois de alguns dias de férias, voltando a escrever no blog para correr atrás do tempo perdido e o título acima foi o escolhido para a retomada. Edward Zwick é um Diretor muito criticado, mas alguns filmes seus me agradam, como: "Tempo de Glória" e "O Último Samurai"; mas essa sua incursão em comédias românticas(??) causa um certo estranhamento, até porque o filme não se decide se é uma comédia, um drama ou um romance. Logo no começo nos somos apresentados ao personagem de Jake Gyllenhaal, um sujeito com talento para conquistar mulheres que acaba se tornando um representante de vendas de um laboratório farmacêutico, um dia tentando empurrar um de seus medicamentos para um médico conhece a personagem de Anne Hathaway, uma jovem com Mal de Parkinson. Instantaneamente, eles tem um relacionamento sexual forte que com o tempo, apesar das negativas dela, vai se transformando em romance que acaba se complicando pela doença dela. O filme tem alguns pontos positivos, como: atuação de Anne Hathaway, a forte química do casal, que aparecem nus ou seminus em muitas cenas, mostrando comprometimento e defendendo bem seus personagens, como já haviam feito em "O Segredo de Brokeback Mountain"; mas também tem pontos negativos, como: a falta de definição de gênero, em alguns momentos cai nos clichês mais batidos de filmes românticos e dramas sobre doença, além do irmão do personagem de Gyllenhaal, sujeitinho irritante. Para ver e esquecer. Nota 05. 

2 comentários:

B-Cine disse...

Esse é um filme que a crítica está classificando de médio para ruim. Uma pena pois adimiro o trabalho dos protagonistas.
Me dei conta que nunca vi um filme do Edward Zwick...hehehehe

Celo Silva disse...

Os protagonistas ate estão bem, mas a história ta mal conduzida