Adaptação de um conto do Marquês de Sade, ambientado na Italia Facista da segunda Guerra. A história gira em torno de um grupo de jovens que...

33 - Saló ou 120 Dias de Sodoma (Salò o le 120 Gionarte di Sodoma/Pier Paolo Pasolini/1976)

Adaptação de um conto do Marquês de Sade, ambientado na Italia Facista da segunda Guerra. A história gira em torno de um grupo de jovens que são levados para uma mansão, aonde são submetidos a orgias e subversões subordinadas a ciclos dantescos. O ponto de vista do filme é sempre dos inquisidores, como se os jovens fossem meros instrumentos de estudo. Toda a clausura do cenário, as regras escritas ao bel - prazer dos Senhores, o dominio absoluto sobre o povo é de temática Facista. O sexo é tratado no filme como castigo, e os jovens quando obrigados as atrocidades perdem todo o prazer. Engraçado, como no começo e no final toca uma música alegre, como se aqueles fossem os únicos momentos felizes. Apesar do filme ter momentos escatológicos, como a cena do banquete de fezes ou a cena quando é escolhida a melhor bunda; em todo o momento os Senhores fazem citações a pensadores como Nietzche, como se quisessem justificar tais atos. Um contraponto cômico na história, são as prostitutas velhas levadas para contar fatos de suas vidas que possam excitar a todos. Até hoje, proibido em muitos Países, "Saló", definitivamente, é um filme dificil de ser digerido, mas recomendo para quem tiver coragem. Nota 10.

4 comentários:

B-Cine disse...

Se hoje em dia o filme causa repulsa, imagina na época de seu lançamento. O canto do cisne de Pasolini para entrar para a história do cinema.
Para assistir com um balde ou um saquinho do lado. Não recomendado para a família após o almoço de Domingo...hehehehe

Celo Silva disse...

Assistido por sua recomendação...Meu caro amigo Brunão...fiquei muito impressionado com o comprometimento nas cenas...filme corajoso de Pasolini

Jorge disse...

Do mesmo modo macabro que fez filmes foi a sua morte.

pudimdecinema disse...

Nossa! Já tinha conhecimento sobre a polêmica que esse filme aguarda. Talvez assista.