Refilmagem do cult de 1978, essa nova versão guarda algumas qualidades, principalmente no inicio quando somos apresentados ao personagem da ...

22 - Doce Vingança (I Spit on Your Grave/Steve R. Monroe/2010)

Refilmagem do cult de 1978, essa nova versão guarda algumas qualidades, principalmente no inicio quando somos apresentados ao personagem da escritora que aluga uma cabana perto de um lago em uma dessas  cidadezinhas caipiras americanas; para poder ter paz para escrever. Logo ela é atacada por um grupo de jovens da cidade, liderados pelo Xerife. A câmera tremida no começo do filme da o tom de tensão da trama, nesse ponto o Diretor talvez tenha alcançado o que queria, pois os primeiros 40 minutos são bem intensos. As cenas de tortura e estupro são fortes e cruéis, culminando no momento em que ela se atira no rio e finaliza a primeira parte da história. A segunda parte, aonde se desenrola a vingança da moça que depois de sofrer tanta violência e não morrer tem alguns problemas, principalmente pela  preferência em criar maneiras mirabolantes de matar os personagens e não cuidar da trama, perdendo toda a tensão inicial  e o instinto de vingança dela também  não convence nem um pouco. Os 40 minutos finais lembra muito essa onda de filmes "porn torture" como "O Albergue" e "Jogos Mortais", que não me agradam muito. Pelo inicio, o desfecho merecia ser melhor. Nota 06. 

2 comentários:

B-Cine disse...

Gosto do original com a Camile Keaton (sobrinha neta de Buster Keaton). Um filme muito violento tanto na primeira parte quanto na segunda.
Excelente post Marcelo. Teu blogger está cada vez melhor.

Celo Silva disse...

O começo desse é muito bom, mas depois se perde...uma pena